O fenômeno da prótese mamária

24 Jul

Olá, Mulherada!!!

A pedido de nossas leitoras, o tema: Cirurgia Plástica – Prótese Mamária.

Quem já não ouviu a seguinte frase: “quero ter um peitão”!!! Sim, algumas de vocês já devem estar se identificando, e outras pensando: “que bom que já os tenho”!!!  Mas, a realidade é que cresceu assustadoramente o número de cirurgias de prótese de silicone mamária nos últimos anos. Dados levantados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica em 2008 mostram que no ano foram realizadas 151 mil cirurgias deste gênero. E só vem aumentando!!!

Todo mundo quer ter!!  Virou sonho de consumo!! Mas, não basta apenas querer ou sonhar, você deve estar bem decidida, esclarecida e com um bom  profissional em mãos.  Grande parte das mulheres que  optam pelo aumento das mamas,  geralmente, tem uma explicação simples: “ meus peitos são muito pequenos” ou “são pequenos e nenhuma blusinha fica legal” !  Às vezes, não são tão pequenos assim, aÍ entra uma outra concepção que é milenar: as mamas representam a sexualidade e a feminilidade da mulher, isso conta instintivamente!  Outras sim, têm as mamas de um tamanho muito reduzido, o que pode lhes causar constrangimento, e até  ser um fator  de baixa auto-estima, levando, muitas vezes,  a problemas emocionais.  Independente das razões, toda mulher tem direito de tê-los maiores, mas, o mais importante nessa história toda, é se sentir bem consigo mesma! Portanto,  não façam isso por conta do “modismo”,  e nao importa o numero de sutiã que vocês usem, porque tem belas mulheres que não brilham menos por tê-los ao natural. Confiram:

                                                                                                                    Kate Middleton

Carolina Ferraz

Alessandra Ambrósio

Mas, se você está decidida a fazer, lá vai algumas dicas relevantes: encontre um bom profissional. Não caiam em promoções em que o preço está muito fora do mercado, aliás, promoções deste tipo são ilegais e vão contra a ética médica. Você também deve estar ciente que o tamanho da prótese deve ser proporcional ao seu biotipo, ou seja, tenha bom senso.  Jamais fiquem assim:   

Foto Divulgação

Aliás, eu me pergunto sempre quando vejo isso, que tipo de cirurgião topa deixar alguém assim???  Seu desejo era tão grande, que acabou ficando sem!!! Vocês estão sabendo que Sheyla Hershey, a foto acima, teve que retirá-los devido processo infeccioso após várias cirurgias?

Mas, vamos ver o antes e depois de algumas famosas??

Getty Images

Achei, na minha humilde opinião, que os peitos da  Vitória Beckham ficaram um pouco artificiais.

A Gabi, por sua vez, entrou na história, e decidiu entrevistar uma garota que realizou a cirurgia de prótese de silicones! Vocês vão com ela?

Quando decidi colocar as próteses de silicone nos seios, o primeiro, e maior, medo era a anestesia. Minha cirurgiã me tranquilizou dizendo que seria um procedimento simples, com sedação e anestesia local. Fiquei mais tranquila.

Depois a dúvida, e mais uma vez o medo, era quanto ao tamanho das próteses. Nessa hora, o segredo é confiar no seu cirurgião. Por isso, é tão importante escolher um médico de confiança. Queria colocar próteses menores, por achar que as sugeridas pela minha cirurgiã eram grandes demais. Ainda bem que segui os conselhos da Dra., pois estou amando os tamanhos dos meus seios.

Outra questão que você deve pensar bem é quanto à marca das próteses. Recentemente, tivemos problemas super sérios com algumas marcas. Para não correr riscos, escolhi uma marca americana, que possui certificação do FDA, agencia que controla produtos médicos.

Achei que após a cirurgia a recuperação seria complicada. Mas, QUE NADA. Em nenhum momento do pós-cirúrgico senti dores. Fiquei medicada por quatro dias, logo depois parei de tomar o remédio para dor e não sentia nada. Fiquei de repouso e cuidei da alimentação, e nove dias depois da cirurgia já estava de volta ao trabalho. Não fiquei inchada e, muito menos, tive hematomas. E, o melhor de tudo, meus peitos ficaram lindos.

Claro, que tudo depende do organismo, mas acho que uma alimentação balanceada e hidratação dos seios antes da cirurgia, além de um bom cirurgião e o tipo de procedimento realizado (no meu caso, as próteses foram colocadas por cima do músculo) fazem toda diferença para uma recuperação tranquila.”

Para complementar  o asssunto, vamos falar com alguém que é especialista no assunto! Hoje, nossa conversa é com o Dr: Gustavo Pasqual, especialista em Cirurgia Plástica e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que vai nos desmistificar o assunto e saciar nossas principais dúvidas! Agora, você vem comigo??

1) Qual a composição das próteses de silicone?

As próteses de silicone evoluíram muito desde a sua criação há mais de 20 anos. Atualmente elas são feitas de um gel de silicone altamente coesivo, envolto por uma capa de silicone altamente resistente. O que possibilita  maciez e formato constantes associados a segurança de um material inerte e duradouro. (Olhem algumas fotos que o Dr nos enviou):

2) Tem alguma contra-indicação a prótese de mama?

A princípio não há contraindicações específicas a prótese, porém existem casos em que a paciente não apresenta indicação ao implante.

3) Por qual regiões a prótese pode ser inserida e você indicaria alguma de sua preferência?

As próteses podem sem inseridas por três vias: via axilar, que não deixa cicatrizes nas mamas e é implantada por uma pequena incisão na axila, torna a cirurgia um pouco mais trabalhosa. Algumas pesquisas questionam se isso afeta ao diagnostico e tratamento do Câncer de Mama. Há também a via Peri-areolar em que a incisão é feita seguindo a borda da aréola, indicada para pessoas que possuem as aréolas grandes e/ou já irão receber uma incisão nessa área para corrigir as aréolas. E a via mais comum é por uma incisão no sulco infra mamário, aquela dobrinha debaixo da mama, é a via mais fácil e segura, a cicatriz fica escondida no sulco e quase não aparece. 

4) Quais são os modelos de próteses e como escolhe-las?

Existem vários tipos e modelos de próteses, cada  um relacionado com a necessidade e indicação para cada paciente, perfil baixo, perfil moderado, perfil alto e os lançamentos são os de perfil super alto, a escolha se baseia no desejo da paciente associado as suas características físicas, como medidas do tórax, altura e volume mamário prévio.

5) O que realmente aconteceu com as próteses francesas? 

O recente problema apresentado pelas próteses PIP foi o material do qual elas foram feitas, em vez de gel coesivo, usado na indústria médica, eles usaram silicone industrial, por ser mais barato, porém sem as características necessárias para a segurança. No Brasil, após esse episódio a ANVISA passou a controlar e fiscalizar a procedência e qualidade das próteses a serem vendidas. Por isso, peça sempre por próteses certificadas pela ANVISA. 

6) O medo de algumas mulheres são as estrias, existe alguma forma de evitá-las?

Estrias são causadas por rompimento das fibras elásticas da pele, quando submetidas a tensão excessiva. O melhor tratamento para isso são os hidratantes e acima de tudo a boa indicação para a prótese e correto procedimento de inclusão.

7) Algumas pessoas usam Arnica antes da cirurgia com promessa de um pós-operatório melhor, isso adianta?

Arnica é considerado um anti-inflamatório natural, porém além das propriedades anti-inflamatórias ela também apresenta um efeito anti coagulante e pode causar hemorragias ou hematomas durante ou após a cirurgia. Pergunte sempre ao seu Cirurgião Plástico se ele permite o uso da Arnica, pois dependendo do caso poderá trazer riscos.

8) Como funciona a recuperação das pacientes?

Após o implante das próteses o período de recuperação é de cerca de 15 dias,  geralmente esses primeiros dias são bastante dolorosos pela sensação de estiramento da pele e da mama causados pelo implante, principalmente em quem tinha pouco volume mamário antes da cirurgia. A dor não é forte e é bem tolerada com analgésicos comuns. Deve-se usar um sutien específico por cerca de 60 dias e dormir de barriga pra cima nos primeiros 15 dias. Após 15 dias a paciente pode retomar todas atividades normais de trabalho e fazer exercícios físicos leves, como caminhada, hidroginástica e exercícios para as pernas.Para atividades físicas nos braços e musculatura peitoral geralmente são liberadas após 60 dias.

Queremos agradecer ao Dr: Gustavo Pasqual  pela disponibilidade e por ter ajudado a esclarecer tais dúvidas!

 

 

 

Dr. Gustavo F Pasqual

Cirurgião Plástico

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica -10650

CRM 21.688

Espero que tenham gostado! Qualquer dúvida deixem a pergunta nos comentários que enviaremos ao Dr: Gustavo Pasqual , se necessário.

Beijos!

 

Anúncios

12 Respostas to “O fenômeno da prótese mamária”

  1. Flávia 24 de Julho de 2012 às 1:05 AM #

    Parabéns meninas!! Adorei o post!! Bem informativo! Dr Gustavo foi bem didático!! Ja esclareceu muuuuitas dúvidas!! beijos

  2. Luciana Sá 24 de Julho de 2012 às 8:06 AM #

    Adorei! Tema bastante pertinente e muito bem explorado! Bjos

  3. Luiza 24 de Julho de 2012 às 8:52 AM #

    Ola meninas, otima materia!! Eu tenho silicone e nao me arrependo, como disseram no inicio do post, os meus eram muito pequenos! Sabe quando voce se sente mais,mulher! Eu adorei!
    Bjos

  4. Jully 24 de Julho de 2012 às 9:37 AM #

    Gostei das respostas do Dr:Gustavo, simples e bem explicativas. Bom post! Ele trabalha em Curitiba?

  5. Chris 24 de Julho de 2012 às 9:49 AM #

    Excelente post!!! Parabéns meninas!!! Um profissional, PROFISSIONAL é tudo nessa decisão!!!

  6. Re 24 de Julho de 2012 às 10:42 AM #

    Adorei!! To adorando essa variedade toda no blog!!!

  7. Ana 24 de Julho de 2012 às 11:20 AM #

    Quem tem queloide pode fazer a cirurgia?

    • elaeminhamenina 24 de Julho de 2012 às 2:30 PM #

      O Dr: Gustavo respondeu que o queloide de tratamento complexo e
      nao totalmente eficazes! Que o risco de fazer um queloide na regiao
      da incisao pode ocorre como pode cicatrizar normalmente!
      Por isso e muito importante discutir com seu medico o custo-
      beneficio da cirurgia,ok?

  8. Talita 24 de Julho de 2012 às 7:20 PM #

    Muito bom o post… vale a pena frizar que o resultado da cirurgia tambem depende do pos operatorio. A paciente deve obedecer o periodo de nao pegar peso, algumas vezes tem que fazer drenagem, o sutia de contencao deve ser usado por um tempo pre determinado pelo seu medico e apos ele alguns medicos inclusive pedem para ficar 6 meses sem usar sutia com bojo usando somente sutia sem costura para nao ter o risco de marcar a protese… é gente… é uma cirurgia.. e como toda tem seu risco. Voce deve estar atenta quanto a duração da prótese.. a maioria exige uma vigilancia maior ( com ecografia mamaria) depois de 10 anos mas as proteses podem durar ate 20-25 anos (é isso Dr Gustavo?). Mas consciencia a parte, eu tb tenho protese, escolhi tê-las pequenas e amo o resultado! Vale muito a pena!

  9. Sumaya 25 de Julho de 2012 às 1:00 AM #

    Oiee meninas, amei o post.. ficou mto bem feito, e mto bem explicadinho.. assim a mulherada que pensa em colocar protese já podem tirar suas duvidas… eu tenho e adorooooo! ahahaha
    bjos

  10. Juliana 31 de Julho de 2012 às 9:21 AM #

    Ai finalmente consegui ler!! Adorei, bem esclarecedor mesmo o texto, e com a orientação de um profissional da cirurgia então?? Ficou mais completo ainda… sou daquelas que está no limbo em relação à esta escolha: muito próximo da época de ter filhos, não sei se espero por eles, ou se ponho a prótese, será que o Dr. Gustavo teria alguma opinião a respeito????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: