Oniomania… você já ouviu falar?

22 Ago

Olá meninas… hoje meu post será sobre Oniomania – compulsão por compras. Tem muita gente que imagina que as compulsões estão associadas apenas as drogas como o álcool, maconha, cocaína, cigarro ou então por comida. Mas tem uma outra situação em que a compulsão provoca prazer, como por exemplo, “fazer compras”!!! Você conhece alguma pessoa que compra compulsivamente, estoura o limite do cartão de crédito, do cheque especial, da conta do banco, está começando a ter prejuízos pessoais e nos relacionamentos??? Pois é… COMPULSÃO POR COMPRAS é uma doença mas tem tratamento.

Imagem

Características Básicas

Se caracteriza por um sentimento interno de excitação, prazer e gratificação na hora da compra, porém quando a pessoa acaba de comprar e se da conta do que fez vem o sentimento de culpa, remorso e vergonha. A pessoa compra quando esta triste, com baixa autoestima, dificuldade de relacionamento, compram porque estão felizes, sem contar que muitas vezes não compram só para si mesmas compram para os outros também. O comprador compulsivo consome pelo prazer de consumir e não pela real necessidade do objeto, e compra mais produtos relacionados à aparência como roupas da moda, sapatos, jóias e relógios. O descontrole é sem limites. Podemos traçar um paralelo entre as compulsões por compras e as dependências químicas. Em ambas, há perda de controle e o paciente se expõe a situações danosas para si e também para os outros.

Infelizmente, a maioria das pessoas só costuma procurar ajuda quando as dívidas estão grandes e os gastos exagerados já acarretam problemas familiares, nos relacionamentos, em situações legais, ou até quando dão origem a episódios depressivos de intensidade importante. Em alguns casos, os portadores do transtorno só chegam ao consultório trazidos por familiares, amigos ou pelo cônjuge. Quanto à origem do transtorno, acredita-se que haja algum déficit do neurotransmissor serotonina, que reconhecidamente proporciona menor ocorrência de impulsividade. Desta forma, o tratamento pode envolver medicamentos como antidepressivos ou agentes estabilizadores do humor, e psicoterapia cognitivo-comportamental.

Dependendo do caso, devem ser levadas em consideração: frequentar grupos de autoajuda, como os devedores anônimos (DA), nomear algum conselheiro financeiro, que possa orientar o paciente sobre suas movimentações financeiras. Quando esse último procedimento ocorre, o paciente continua com a responsabilidade de pagar suas contas, porém, não tem acesso a cartões de crédito e a cheques. É dado a ele, semanalmente, uma quantia previamente combinada à qual deve se adequar. Além disso, as contas são acompanhadas por meio do fornecimento de recibos ao conselheiro financeiro. Procurar ajuda de um psicólogo e este se for necessário o encaminhará ao psiquiatra. Esta é uma das formas de tentar combater a possibilidade de episódios de compulsão por compras. Conforme o indivíduo obtém progressos, ele retoma paulatinamente o pleno controle sobre suas finanças.

Cerca de 90% a 95% dos compradores compulsivos são mulheres e estudos mostram que cerca de 60% a 70% das mulheres apresentam sintomas depressivos.

Imagem

O filme “Delírios de Consumo – com a atriz Becky Bloom”, mostra a estória de uma compradora compulsiva que quase perde seu amor mas luta por ele e admite seu problema, é um ótimo filme para quem tem este tipo de compulsão, pois é um filme leve, suave, como uma comédia mas que na verdade te faz ver o problema pode causar sérios danos e pode fazer você perder muita coisa.

Bom meninas fico por aqui… beijinhos…

Dani.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: