Tag Archives: DIY (do it yourself)

DIY: Decorando copos com esmalte

28 Jun

Onde você guarda seus pincéis de maquiagem?
Eu guardo os meus, de uso diário, em copinhos transparentes.
Pra quem, como eu, usa esses copinhos, mas deseja dar uma animada nos bichinhos, dar um toque de cor ao local onde ficam esses tão úteis acessórios, aqui vai uma dica bem fácil: Pintar esses copos com esmalte!
Eu vi essa dica num blog que eu sigo há um tempão e adorei, por isso resolvi compartilhar aqui com vocês.
Começando:

080

Eu peguei um copinho de nutella e um esmalte com uma cobertura não tão boa que tinha aqui em casa. Eu usei um vidrinho de esmalte nesse copo. Mas era aquele vidro grande de esmalte, então sobrou um pouco de esmalte dentro do vidro, ainda.
Você pode optar por por uma fita crepe na beirada do copo, para deixar certinha a marca de esmalte, ou usar um palito com acetona depois, para retirar o excesso e alinhar a marca de esmalte. Eu pus a fita só para demonstrar, mas ela não parou no meu copo. Talvez por causa dessa umidade.

071

Aí é só despejar o esmalte dentro do copo. Para isso o melhor é inclinar o copo e começar esse despejo bem da beirada do copo. Aí você vai girando o copo e continua a despejar até completar toda a lateral do copo.

081

082

097

Depois de preencher todo o copo, deixe ele na posição com a boca baixo, para escorrer o excesso de esmalte. Depois, só aguardar uns dois dias para secar bem (se não estiver essa umidade desgraçada que está atualmente).

098

101

Você pode ainda limpar a beirada (boca do copo) com algodão e acetona, alinhando a marca de esmalte, ou até mesmo com um pedaço de algodão, como eu fiz. Mas ó, é importante usar um esmalte mole…não aqueles velhos, grossos. Porque se estiver muito grosso o esmalte não vai espalhar por igual na peça, porque ele vai ressecando durante o processo.
Pronto: Um porta pincel exclusivo para você guardar os seus.

069

Você pode usar essa técnica, ainda, para decorar garrafas, vasos…ou o que sua criatividade desejar! Eu já tinha feito isso há um tempo, em 3 copinhos. Uso eles para guardar coisinhas pequeninhas que ficam perdidas pela casa. E o outro eu deixo ao lado da minha impressora e ele faz as vezes de porta-lápis.
072

É, eu sei…só esmalte rosa. Mas é que é minha cor preferida!!!

Bom findi, gente!!!
Beijos,

Anúncios

DIY: Minha nova cabeceira

21 Jun

Lembram quando mostrei aqui a cabeceira que reformei pro quarto da minha filha? Neste mesmo post eu falei que também estava fazendo uma cabeceira nova pra minha cama. Pois então, depois desse tempo todo, vou mostrar como a belezura ficou!
Eu acho que tapete, cortina e cabeceira de cama dão outro ar ao cômodo. Acho que deixam o ambiente mais aconchegante e, aparentemente, mais confortável.
A ideia era não gastar muito. E eu tinha visto umas imagens por aí que me inspiraram. Então resolvi botar a mão (minha e do maridão) na massa!
Comprei as placas de mdf numa loja de compensados aqui em Maringá, onde eles cortam a placa no tamanho que quisermos. Fui numa loja de tecidos de estofaria e escolhi o tecido. Eu queria um tecido macio, pensei num veludo, camurça. Estava procurando algo num tom de cinza, mas não encontrei. As opções não eram muitas… Comprei, então, um veludo verde musgo. Nesta mesma loja, comprei a espuma, igual a que usei na cama da minha filha.

Confesso para vocês que desta vez não fui muito eficiente, não guardei os comprovantes para fazer o cálculo de quanto ficou 😦 SORRY!

Pedi, na loja de compensados, uma placa inteira, do tamanho que eu queria que ficasse a cabeceira, e também mais algumas recortadas no tamanho de 25×25 cm, para colar sobre a placa maior.

013 (5)

Comecei recortando a espuma, no tamanho das plaquinhas de mdf.

010 (5)

012 (5)

Em seguida, recortei tecido suficiente para cobrir a placa e a espuma.

016 (3)

Aí colei a espuma na placa e o tecido por cima. A etapa de por o tecido sobre a espuma e a placa de mdf foi demorada. Demoramos para descobrir de qual modo ficaria melhor. Começamos grampeando o tecido na madeira, mas não ficou bom. Ai decidimos colar o tecido na espuma e madeira. Mas tivemos que tomar muito cuidado para não passar muita cola, para que a cola não passasse para o outro lado do tecido.
001 (2)

Com os quadradinhos prontos, partimos para a última etapa: colar as placas na chapa maior. Colamos apenas na parte superior da cabeceira, que ficaria exposta. A parte inferior fica coberta pelo colchão, então achamos desnecessário cobrir este pedaço. Antes de fazermos isso, colamos tecido na borda da placa maior, para não deixar a madeira aparecendo. Deixamos dois espaços vazios, nos cantos externos superiores, para poder prender a chapa de mdf na parede. Depois de feito o furo e pregado a placa na parede, colamos as duas placas menores nestes espaços.

019 (4)

349

353

O resultado final foi esse:

355

356

O Marido não curtiu muito o resultado. Achou que não ficou perfeito (ele queria ter comprado uma laqueada) e, realmente, não ficou! Vocês podem notar que as linhas entre cada plaquinha não é reta, que o tecido não ficou perfeitamente esticado…mas eu gostei! Acho que meu quarto ficou mais aconchegante e agora posso encostar na cabeceira sem gelar a cabeça na parede!
Sem falar que não gastei fortunas na bichinha! Eu não queria investir muito, porque moro de aluguel e pretendo me mudar pro meu cantinho em breve, e vocês sabem que mudança destrói os móveis, não adianta…

E aí, o que vocês acharam?
Alguém aí se anima pra botar a mão na massa??

Beijos e bom findi,

Lembrancinha – Faça você mesmo

25 Mar

Esse final de semana teve festa de aniversário da minha filha. E quem tem filho sabe (alguns que não tem, também sabem) que organizar um festa infantil toma bastante tempo. Mas vou confessar que “amo tudo isso”!! Adoro pensar no tema, no convite, nas lembrancinhas, nos convidados, docinhos e em tudo que envolve uma festinha.

Neste aniversário eu contratei um local especializado para decorar o buffet onde seria a festa. Mas decidi fazer o convite e as lembrancinhas.

Eu nunca tinha feito aniversário dos meus filhos em buffet porque a maioria dos meus convidados vem de outras cidades e a festa em buffet aqui na minha cidade tem apenas 3 horas de duração. Eu achava pouco pra quem viajava tanto só para estar presente neste evento. Este ano tomei esta decisão porque minha filha faria 5 anos e achei que seria mais legal, para ela e para os amigos dela, uma festinha em um local com uma variedade grande de brinquedos a uma festinha no salão do meu prédio, com quase nada de brinquedos!

O tema da festa foi: Monster High, decidido pela aniversariante.
Com isso comecei a pensar no que poderia dar de lembrancinha. Gosto de fazer lembrancinhas que tenham alguma utilidade, pois acho um desperdício você gastar na lembrança e em pouco tempo ela ir parar no lixo.
Pensei em canecas de cerâmica, cheguei a pesquisar na internet, no elo7, mas vi que sairia mais cara (R$10,00 cada – a mais barata que encontrei. Tinham algumas por R$20,00) do que eu pretendia gastar. A minha ideia era por ovinhos de chocolate dentro e embalá-las em papel celofane. Pensei nos ovinhos porque a Páscoa já é no próximo final de semana e foi uma maneira de presentear e agradecer a presença dos convidados de uma forma carinhosa.
Saí então a procura de algo que eu pudesse por os ovinhos dentro, só que mais barato que a caneca. Achei, então, um mini baleiro por R$ 2,99. Comprei!

003 (2)

Baleiro recheado e vazio

Em seguida comprei saquinhos de celofane, ovinhos e a fita para amarrar os saquinhos. Além disso, encomendei os adesivos para colar nos vidrinhos.

005

009 (2)

008 (2)

007 (2)

Com todos os itens em mãos, fui para a linha de produção! Em cada baleiro, coloquei 7 ovos (o ideal seria colocar 8 ovinhos, mas a minha filha achou o esconderijo e acabou desfalcando meu estoque de ovos!), 2 adesivos (um com o nome da minha pitoca e o outro agradecendo a presença dos convidados). Usei fita preta em metade das lembranças e a pink na outra metade.
Elas ficaram assim:

 

174

173

O valor de cada lembrancinha ficou em R$ 7,03. Isso não levando em consideração os adesivos, porque não tenho o valor deles separado. Assim que tiver atualizo o valor certinho aqui. Mas de qualquer maneira saiu mais barato que as canecas. E acredito que os baleirinhos possam vir a ter uso na casa dos convidados…

Levei umas 3h30min para fazer as 40 lembrancinhas. E vou contar pra vocês que a parte mais demorada foi tirar as benditas etiquetas de preço de cada baleiro! Ô cola chata desse adesivo, viu!! Mas esta foi a única parte chata da produção. Adorei fazer cada pacotinho.
E vocês, colocam a mão na massa, também? Ou preferem pagar por tudo e economizar tempo e trabalho?
Boa semana!!
Beijinhos,

Reformas em casa

18 Mar

Ando numa fase de adaptações na minha casa. Comprei cama nova (king size), pus camas (ao invés de berços) nos quartos dos meus filhos…
E com isso tudo fiquei necessitada de 2 cabeceiras, uma pra minha cama e outra pra cama da minha filha. Como pretendo me mudar daqui uns dois anos, não queria investir muuuito nessa peça, porque vocês sabem, né, mudança acaba com tudo!
Fiquei com a cabeceira da minha cama (tamanho casal: 1,38 X 1,88m – ou seja, não serviria na minha cama nova), mas achava que não combinava com um quarto infantil, porque ela era marrom e branca. Resolvi então reformá-la! Adoro essas coisas…

001

Aqui a cabeceira pronta para ser reformada. Já está sem as partes brancas (sorry, não tirei fotos antes)

Decidi que queria cobrir a cabeceira com um tecido fofinho pink! E como a cabeceira era muito dura, de madeira, também precisaria de uma espuma. Fui então às compras. Comprei um tecido de pelúcia pink, a espuma, cola de sapateiro em spray (ótima, por sinal, muito melhor do que as de lata, que fazem uma meleca) e grampos para grampear o tecido na madeira. Eu já tinha o grampador manual, estilete para cortar a espuma e tesoura para o tecido).

003

Madeira, espuma, cola e estilete prontos para a ação

006

Mãos do marido trabalhando (aí dá pra ver o verso da cabeceira, a espuma colada e o tecido de pelúcia)

Primeiro recortei a espuma do tamanho da madeira e colei a espuma sobre um lado da cabeceira. Para isso utilizei a cola de sapateiro em spray. Achei ela até mais econômica neste formato, sem contar que não faz bagunça, não meleca nossas mãos, nem nada mais. Ah, o cheiro também não ficou tão forte. Acho que é porque a gente já coloca a quantidade certa que vai usar e o recipiente não fica aberto, exalando todo aquele cheiro insuportável.

Com a espuma colada, esperei uns 10 minutinhos pra cola secar e pus o tecido por cima. E o marido foi grampeando atrás da cabeceira, fixando a pelúcia. Tomamos cuidado para deixar o tecido bem esticado.

Pronto…em meia hora tínhamos uma cabeceira nova!!! E o melhor de tudo: minha filha adorou!!!

009

Depois disso, só faltava pendurá-la na parede. Nós usamos os furos antigos, que já existiam na chapa de madeira. Eram 4, nas 4 extremidades.

013

E aí está o resultado final

Minha filha é fã das Monsters High, por isso escolhi essa cor, já que a Draculaura é sua preferida!

O custo dessa reforma foi o seguinte:

Espuma – comprei 1,5m: R$20,00
Tecido – comprei 1,7m: R$42,00
Cola: R$19,00
Grampos (muuuitos deles): R$ 7,62

As outras ferramentas eu já tinha, então não colocarei nos cálculos.
Custo total: R$88,62.
Super barato. Acho que não conseguiria encontrar nada parecido por esse preço. Claro que foi barato porque eu já tinha várias coisas, inclusive a placa de madeira.

 Mas a outra cabeceira que pretendo fazer, para o meu quarto, vai ter o gasto da madeira a mais. Em breve, assim que eu terminar (antes de terminar, tenho que começar 🙂 ) a bichinha, eu mostro tudo aqui pra vocês. E passo os valores.

Beijinhos,

%d bloggers like this: