Tag Archives: revlón

Bases: Naked Skin (Urban Decay) e Color Stay (Revlon)

28 Fev

Hoje mostro mais duas bases da minha coleção: a Naked Skin, da Urban Decay e a Color Stay, da Revlon.
A Naked eu comprei pela proposta de ser uma base leve, com cobertura de baixa a média. Ótima para ser usada no dia a dia.

012 (563x1024)

Li muitas blogueiras dizendo que se sentiam como se não tivessem se maquiado quando usavam a base. PRONTO, isso foi o fator decisivo para eu decidir bater o martelo na compra. Eu adooooro me maquiar, mas tenho horror à pele coberta (com cremes, base, protetor solar…tenho – estou perdendo – uma necessidade de lavar o rosto algumas vezes ao longo do dia), daquelas que você encosta o dedo e sai um pouco da base. Embora muitas blogueiras digam que a base não transfere, eu discordo disso. Ainda não achei nenhuma base assim…
Mas voltando à Naked e ao que interessa: Ela está na minha top list, é com certeza uma excelente base. Tem um acabamento semi matte, cobertura de baixa a média e segura relativamente bem a minha oleosidade. É o tipo de base que consigo usar sem ter que fazer o acabamento com pó compacto. Mas ao longo do dia (ou noite) sinto a necessidade óbvia de retocar com um pózinho. A embalagem vem com aplicador pump, que facilita bastante a vida. Ela também é bastante fluida e seca relativamente rápido, então tem que ter uma certa agilidade ao espalhá-la no rosto. Olhem no carão com ela fica:

019 (1024x992)

Cobre parcialmente as manchas, olheiras e dá uma homogeneizada na cor. Claro que para um resultado melhor, um corretivo é essencial. Dá pra perceber que ela não tira todo o brilho da pele, mas também não deixa aquele aspecto oleoso: fica super natural, MESMO.
O único ponto negativo que consigo encontrar na bonita é o preço aqui no Brasil il: R$214,00!!!! Eu paguei U$39,00 nos EUA.

A Color Stay eu comprei por indicação de uma super top maquiadora daqui de Maringá, com quem fiz curso. Ela tem uma cobertura bacana e o precinho é um dos principais atrativos: varia em torno de R$65,00 aqui no Brasil. E é vendida em algumas redes de farmácias.

013 (746x1024)

Esta base não é tão fluida quanto a Naked, mas também não é tão densa quanto a Teint Idole da Lancôme.

018 (1024x638)

Ela demora mais para secar que a Naked, e mesmo depois de seca, ainda sinto a pele grudenta. É o tipo de base que sinto a necessidade de finalizar com pó. A cobertura é um pouco maior que a da Naked, mas se aplicar mais de uma camada dá pra ficar com uma cobertura alta! O acabamento também é semi matte, como a Naked. Não deixa a pele extremamente seca, mas segura bem a oleosidade. E deixa aquele brilho saudável na cutis.

028

É uma excelente base. Os dois únicos pontos negativos a meu ver são: o aspecto grudento na pele, mas que é resolvido rapidamente com um pó e o bico dosador da embalagem, que não existe! A gente tem que virar a embalagem para retirar o produto e nisso eu sempre derrubo mais base que o necessário, SEMPRE!! Desperdício, né?!
Mas sem dúvida é um ótimo produto em relação ao custo x benefício. Vale a pena, principalmente para quem quer comprar uma base aqui no Brasil.

Bom findi, bom Carnaval!!!
Beijos,

Anúncios

Tutorial Preto

5 Ago

Hoje o tuto tem participação especial, mas não só da modelo, como também da maquiadora. Esse findi minha amiga, comadre e colega de blog veio me visitar. Aproveitei pra explorar pedir a Dani que fizesse uma make nela mesma para eu fotografar o passo a passo e usá-la no tutorial de hoje!
Ela decidiu fazer uma make preta (sei que eu já fiz um tuto assim aqui, mas é sempre bom ver outra pessoa fazendo).
Ela começou com o olho, porque geralmente o preto cai na pele e faz uma bagunça danada se a pele já estiver pronta. Ela passou no olho o corretivo da Kryolan.
004

005

Em seguida, com um pincel de aplicar sombra, aplicou a sombra preta da paleta da Sephora em toda a pálpebra móvel. Para dar um brilho a mais, resolveu aplicar ainda o Pressed Pigment Jet Couture, da MAC, que é um preto com partículas brilhantes.

007

008

Com um lápis de esfumar, aplicou a sombra Charcoal Brown e depois a Expresso, ambas da MAC, na linha do côncavo e subindo um pouquinho, esfumando bem a linha entre as sombras marrons e preta. Também passou a sombra Dazzlelight, da MAC, no arco da sobrancelha para iluminar.

009

012

Com um chumaço de algodão, embebido em uma solução demaquilante, ela limpou o canto externo do olho.

013

014

015

Com um lápis preto da Revlon ela delineou o olho.

016

017

Depois aplicou o rímel amarelinho da Maybelline.

018

E antes de finalizar a parte debaixo do olho, fez a pele, com a paleta de corretivos da Kryolan.

020

021

Finalizou a pele com pó compacto da Lancôme.

022

Com a pele pronta, partiu para finalização do olho. Passou o mesmo lápis preto da Revlon da linha d´água e rente aos cílios inferiores. E com um pincel mais curtinho esfumou esse traçado. Também aplicou rímel nas pestanas de baixo.

025

Aí corrigiu a sobrancelha com a sombra Charcoal Brown, da MAC.

027

028

Nas bochechas aplicou o blush Peaches, da MAC. E também o iluminador Soft and Gentle nas têmporas.

030

031

Finalizou o make com o batom Hue, da MAC. E olha aí o resultado final:

042

Detalhe do olho:

043

044

E o antes e depois da Dani:

001

033

Boa semana, gente!

Beijos,

Orofluido – Tratamento Beauty Elixir

31 Jul

Olá meninas,

Bom, vou confessar que eu sempre tive receio em aplicar óleos e afins nos meus cabelos. Isso porque meu hair é altamente oleoso, mas oleoso mesmo! Sempre evito passar aqueles “silicones” no salão, porque meu cabelo vai pesar. Mas eu li muita coisa a respeito desses óleos, que tem feito literamente a cabeça da mulherada mundão a fora… Primeiro veio o Maroccanoil e agora é a vez do Orofluido- Tratamento Beauty Elixir- da linha profissional da Revlon, chegou ao Brasil para competir com marcas como: Keràstase, L’óreal, Keune… próprios de salão.

Image

 Acabei me rendendo ao Orofluido e estou totalmente a-p-a-i-x-o-n-a-d-a! Ele é incrível, estou usando há 2 semanas e a melhora já é evidente. Aí você vai falar: “ah, mas você não tem química no cabelo e ele é liso”, então, minha mãe tem usado também, e ela tem anoooos de muita tintura e ela é da época do permanente (Sorry, mami!) e no cabelo dela o resultado foi fantástico, as pontas estão bem hidratadas e ficou mais fácil de ajeitar o cabelo. Ah, outra coisa que reparei é que dá um up na tintura, o cabelo fica mais brilhoso e “revive” a tintura.

Image

Pega só a embalagem, que ryyca!

Mas, aí você vai me perguntar: Mas o que esse Orofluido tem de tão especial que o Maroccanoil não tem?

Image

Gente, eu não experimentei o Maroccanoil para dizer. Mas segundo, o Hair Style das famosas, Marco Antonio de Biaggi: “O melhor produto com esse óleo é o Orofluido. Ele é leve, e quem tem a raiz normal ou oleosa pode usar e abusar. Eu gosto porque ele tem três tipos de óleo: de argan, de cípero e de linho:

Óleo de Argan: O ouro líquido para o seu cabelo. Extraído da semente do fruto da Argânia Spinosa, este óleo é rico em vitamina E e em óleos essenciais similares à composição da nossa pele. Fortalece o cabelo proporcionando extrema leveza e suavidade incrível.

Óleo de Linho: Brilho imediato. Das sementes de linho é extraído um apreciado óleo que sela e suaviza a cutícula capilar, gerando uniformidade e controle. O resultado é um cabelo que capta e reflete a luz, proporcionando um brilho espetacular.

Óleo de Cípero: pura seda ao tato. O Cípero é uma planta cultivada no Egito há mais de 4.000 anos. Desta planta é extraído um óleo com um conteúdo de ácidos graxos insaturados e em tocoferóis*, que proporcional proteção natural face aos radicais livres. Confere suavidade e volume, além de deixar o cabelo maleável, fácil de pentear, flexível. Era o óleo usado por Cleópatra, tanto nos cabelos, como na pele.

Image

Consistência do Orofluido

Então, basicamente o Orofluido é mais completo. Enquanto o Maroccanoil possui apenas o óleo de Argan, o Orofluido tem o óleo de Argan, de Linho do Mediterrâneo e de Cípero.

Em resumo:

Pontos fortes:

Resultado visível em poucos dias;

Diminui tempo de secagem dos cabelos;

Aroma bem agradável (âmbar com um toque de baunilha);

Não deixa o cabelo pesado e oleoso;

Sela as cutículas;

Hidrata e deixa as pontinhas lindas.

Pontos fracos:

$ Preço $. Ele é caro, aqui no Brasil varia de R$170,00 a R$250,00dilmas.

Não vem com pump para aplicação.

Image

Composição do produto

Dica de como usar, segundo Marco Antonio de Biazzi:

Image

Tenho usado ele com os cabelos úmidos, e amo! Estou numa relação de muito amor com meu Orofluido. ♥

E aí, o que acharam?

Beijos

Sami

Fotos: Fazendo as unhas em casa!

18 Out

Oie!

Há algum tempo fiz um post com todas as dicas e o passo a passo para fazer as unhas em casa. Na época vocês me pediram para que eu fotografasse o passo a passo e postasse aqui. Bom, ontem a noite, consegui fazer as unhas e ir fotogrando e hoje compartilho com vocês. Me segue!

1. limpe bem as unhas com um REMOVEDOR, e não acetona.

2. Aplique um amolecedor de cutículas, antes de empurrá-las e tirá-las. Esse que usie é da Risqué.

3. Empurre as cutículas. Cuidado para não causar um trauma na raiz na unha. Quando você machuca a raiz, sua unha pode crescer cheia de ondulações.

4. Retire as cutículas com um alicate amolado. Tire com cuidado e evite tirar muito funda, para não machucar ou acabar pegando algum tipo de fungo. Algumas pesssoas preferem apenas empurrar a cutícula, sem retirar.

4. Antes de começar a pintar aplique uma base na unha, para evitar manchas amarelas que podem vir com o tempo. Aplique o esmalte em superfície plana e sempre de baixo para cima. A medida que for aplicando o esmalte, tire o excesso que fica nas lateriais com a ajuda de um pauzinho de laranjeira.

5. Após aplicar a quantidade de camadas que julgar necessária para atingir o tom idela do esmalte (aqui passei só duas camadas), finalize com um extra brilho. Ele ajuda a fixar e manter a cor por mais tempo, além de ajudar a secar mais rápido também (usei o da colorama).

6. Com a ajuda do pauzinho de laranjeira, algodão e removedor, remova o resto do excesso que restou nas laterias na unha. Evite enrolar muito algodão no pauzinho, pois ele soltará com finalidade. Quando ele já estiver muito sujo, troque por um novo. Não force com o algodão sujo, para não irritar a pele. Passe bem rente a unha. Nada mais feio que unha com cantinhos sujos. Dá um ar de mal acabada. Lembre-se de tirar o que restou embaixo da unha e no fim dela.

7. Por fim, aplique um olho secante (usei da Risqué) e um hidratande nas mãos (usei da Natura) e PRONTO. Unhas lindas!

Dessa vez, usei o Pink Seduction, da Revlon.

Curtiram?

Bjus

Gabi

%d bloggers like this: